Botões

terça-feira, 4 de julho de 2017

Plataforma do Unicef ajudará Municípios no combate à evasão escolar

A Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad), realizada no ano de 2015, indica que no Brasil quase 3 milhões de crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos estão fora da escola. “Os números apresentados mostram, infelizmente, que é urgente melhorar esse índice, se queremos de fato formar verdadeiros cidadãos, se desejamos realmente um Brasil melhor”, alerta o coordenador pedagógico do Éticos Sistema de Ensino, Fabio Silva. Outra pesquisa, divulgada recentemente por uma Organização Não Governamental, revela que apenas 58,5% dos nossos estudantes de até 19 anos concluem o Ensino Médio. “Há uma evasão que deve ser estancada rapidamente”, completa. Para combater esse sério problema, Municípios agora já podem contar com a ajuda de uma plataforma.

Lançada no início de junho pelo Unicef – Fundo das Nações Unidas Para a Infância, a plataforma chamada “Busca Ativa Escolar” permite aos gestores da rede municipal de ensino a identificação, o controle e o acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. Com acesso livre e gratuito pela internet, a plataforma é alimentada com informações fornecidas por agentes comunitários que realizam esse trabalho de fiscalização, e que serve de alerta para outros agentes de diferentes áreas, como educação, saúde, assistência social e planejamento, possam agir. Diante de situações estranhas, que fogem da normalidade, esses agentes procuram saber o que de fato está ocorrendo e, se constatado algum problema, tentam encontrar uma solução.

A expectativa é de que em até três anos todos os 5.568 municípios do país já estejam utilizando a plataforma. “É, sem dúvida alguma, uma ferramenta indispensável para a boa gestão pública na área da educação. Esse controle certamente fará com que os investimentos da pasta sejam bem mais proveitosos”, diz o prof. Walter Penninck Caetano, diretor da Conam – Consultoria em Administração Municipal, que atende a mais de 120 entidades governamentais entre Prefeituras, Autarquias, Fundações e Câmaras Municipais nos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Ele lembra que, como determina a Constituição Federal, 25% do orçamento de impostos e transferências decorrentes das prefeituras devem ser investidos no Ensino. “É uma obrigação aplicar esse montante de forma eficiente”, reforça Caetano.

Para o coordenador pedagógico do Ético, a reprovação é um dos principais fatores para a falta de dedicação ou de estímulo em prosseguir com os estudos, principalmente entre o público mais jovem, que já está cursando o Ensino Médio. “Em muitos casos, eles ficam desencorajados de rever o conteúdo de todas as disciplinas por mais um ano seguido, sendo que o mau desempenho foi apenas em uma ou duas. E entre enfrentar tudo de novo e desistir, desacreditados, muitos acabam por desistir”, aposta Silva, e lamenta que isso geralmente acontece justo no momento em que o estudante está mais próximo de decidir sobre o que pretende para sua vida. “O processo é simplesmente interrompido e, infelizmente, são raros os casos em que são retomados”, completa. Para ele, apesar da plataforma ajudar a combater a evasão no ensino público, isso mostra a importância também para o privado na forma do modelo de Ensino Médio proposto para hoje.


Sobre o Ético - Referência na área educacional, oferece soluções educacionais a centenas de escolas espalhadas pelo país. Com projetos integrados e inovadores, desenvolve materiais pedagógicos para diversas disciplinas, em diferentes plataformas, tanto para uso dos alunos como também para dar suporte aos professores, atendendo desde a educação infantil até a fase pré-vestibular.

Sobre a Conam - No mercado há 38 anos, a Conam – Consultoria em Administração Municipal conta com uma equipe de mais de 200 colaboradores e profissionais altamente qualificados. A empresa atende atualmente a mais de 120 entidades governamentais entre Prefeituras, Autarquias, Fundações e Câmaras Municipais nos Estados de São Paulo e Minas Gerais.


Mais informações: Ex-Libris Comunicação Integrada, (11) 3266-6088 ramal 223 / 9 7682-4686.

Nenhum comentário:

Postar um comentário